Bariloche (Argentina) reduz valor da acomodação

N°.20170516

Por: Luciano Palumbo

A cidade também terá novas opções de aéreos (fotos divulgação/Emprotur)

O Turismo de Bariloche divulgou que a cidade argentina se prepara para ser mais “Brasilloche” do que nunca. O destino terá uma série de vantagens atrativas. A previsão é, que com a extinção do imposto de hospedagem para turistas estrangeiros, os brasileiros economizem 21% em hotelaria.

Além disso, a Azul terá voos diretos de Campinas aos sábados, em julho e agosto. A Aerolíneas Argentinas também disponibilizará voos de diferentes cidades brasileiras para Bariloche, com conexões em Buenos Aires.

Depois de um excelente verão, quando recebeu mais de 290 mil turistas, Bariloche se prepara para mais um desafio neste inverno: superar o número de brasileiros que escolhem a cidade como seu destino de férias. “Devemos superar o ano que passou, registrando um acréscimo de 10%, recebendo assim mais de 30 mil turistas somente do Brasil”, antecipa o diretor de Turismo do Ente Mixto de Promoções Turísticas (Emprotur), Leo Tiberi.

A temporada de inverno começa no dia 9 de julho, mas a neve costuma chegar mais cedo

A diária para esquiar sai por cerca de R$ 300

Para promover o encontro entre visitantes de diferentes lugares do mundo, há uma nova passarela na cidade que reúne lojas para compras e bons restaurantes. Para os fãs de esqui, haverá novas pistas. O destino também conta com novas opções de chocolaterias e cervejas artesanais, iguarias já famosas na região.

A temporada de inverno começa oficialmente no final de semana de 9 de julho, dia da independência da Argentina. Mas, como a neve costuma chegar mais cedo, os teleféricos com destino às montanhas já estarão abertos para os turistas. A diária para quem deseja esquiar será de $ 1.500, no máximo, cerca de R$ 300. Porém, lembra Tiberi, há opções de pacotes com acesso a três dias, uma semana, além de meio dia para as crianças, caso desejarem.

O mesmo acontece com os equipamentos para esquiar ou para praticar o snowboard. Há opções para quem quer um dia completo ou passes para três ou mais dias. O custo médio desta diária é de R$ 100. Aulas em grupo saem R$ 200 por pessoa. Já as aulas diárias para as crianças custam, em média, R$ 300.

Site: www.barilocheturismo.gob.ar.

RCD Interna
Avianca OutubroTarifa

Assine nossa newsletter

Verifique os dados digitados no formulário