Conheça a mistura mágica de Seychelles

N°.20170512

Por: Luciano Palumbo

#PUBLIEDITORIAL

Praia na ilha de Mahé, em Seychelles (fotos Visite Seychelles)

Muito mais que um destino turístico. Seychelles é um arquipélago paradisíaco de 115 ilhas no Oceano Índico que proporciona experiências inesquecíveis para os viajantes. O local é o destino perfeito para conhecer mochilando, a dois, três ou em muitos.

Nas ilhas, o branco da areia e o azul claro do mar proporcionam paisagens completamente diferentes e lindíssimas. Além disso, o povo multicultural e hospitaleiro se une a uma excelente infraestrutura de hotéis e serviços.

Por ali, metade do território de terra é preservado, então a natureza e a biodiversidade são impressionantes, com muitas espécies endêmicas. Além de praias paradisíacas – encontradas somente naquele lugar –  há muito verde e montanhas também.

DIFERENÇAS
As Ilhas de Seychelles são bem diferentes umas das outras. Existem as principais, Mahé, Praslin e La Digue, e ilhas exclusivas com uma única opção de acomodação. Além de ilhas sem acomodação nenhuma. Vale a pena conhecer mais de uma ilha na viagem para ver as diferenças entre elas, mas são todas lindas. Entre as praias mais famosas estão Anse Lazio, em Praslin, e a inconfundível Anse Source d´Argente, em La Digue.

Vista aérea de Mahé

Pôr-do-sol em Mahé

Praia de Anse Lazio

Vista do centro da capital Victoria, em Mahé

IMPERDÍVEL
O Vallée de Mai, um Patrimônio Mundial da Unesco, na ilha de Praslin, é imperdível. Ali cresce o famoso coco-de-mer e reza a lenda é o lugar original do Jardim do Éden. A ilha de La Digue e a praia de Anse Source d’Argent, com pedras de granito gigantes e águas cristalinas também precisam estar no roteiro. Visitar a capital Victoria, em Mahé, e o mercado também é uma ótima opção para conhecer mais sobre a cultura local.

HISTÓRIA
Seychelles é um país multicultural e essa característica pode ser explicada por meio da história. Descoberto em 1502 pelo navegador português Vasco da Gama, o país era apenas um ponto de passagem para os navegantes, que logo seguiam viagem.

A colonização ocorreu apenas em 1770 pelos franceses, que trouxeram grupos de europeus, indianos e africanos. Em 1814, o país foi cedido à Grã-Bretanha e várias plantações começaram a surgir no mesmo século, de algodão, cana-de-açúcar e outras culturas. A independência foi conquistada em 1976.

As ruas do centro de Victoria, am Mahé

Parte dos atrativos gastronômicos de Seyvchelles

Fauna de Seychelles

Destino ideal para casais

Como Seychelles recebeu pessoas de diferentes culturas, religiões e tradições durante séculos, o país desenvolveu raízes multiétnicas, que estão presentes até hoje nas três línguas oficiais (creole, inglês e francês), nas religiões, na gastronomia, nas artes, na música, na dança e na arquitetura. Um fato interessante é que os seychellois adoram os brasileiros, nossa cultura, nossas novelas e nosso futebol.

SERVIÇO:
Site: www.seychelles.travel
Facebook: www.facebook.com/VisiteSeychelles
Instagram: @VisiteSeychelles

Avianca – Fundo Destaque

Assine nossa newsletter

Verifique os dados digitados no formulário