Em Israel, saboreie uma shakshuka

Data: 07/01/2016

Por: Da Redação

O cozinheiro Tzvika exibe as shakshukas que ele prepara no restaurante Shukshuka, em Tel Aviv

O cozinheiro Tzvika exibe as shakshukas que ele prepara no restaurante Shukshuka, em Tel Aviv

CLAUDIO SCHAPOCHNIK
Enviado a Tel Aviv/ISRAEL

Só conhecia esse prato pelo nome, aqui no Brasil: shakshuka. Nome bem diferente, complexo. Trata-se de uma especialidade típica do norte da África, sobretudo da Tunísia, feita com vegetais e ovos. Quando cheguei em Israel, pensei em prová-lo. Isso veio a ocorrer no mercado Hacarmel, em Tel Aviv. Não me arrependi, pelo contrário: virei fã desse prato simples e maravilhoso.

Estava conhecendo o mercado Hacarmel junto com o meu guia de turismo Ilan Chezar. Já passava das 14h e estava “morrendo” de fome. Num rápido olhar para a direita da rua principal do Hacarmel, li uma palavra parecida com shakshuka. Era Shukshuka – o nome do restaurante, que brinca com as palavras “shuk”, mercado em árabe, e “shakshuka”.

Trata-se de um lugar bem simples, descoladão, com cozinha aberta ao público e um grande balcão, em forma de “u”, onde as pessoas sentam. Não há mesas. A especialidade da casa é a shakshuka, mas há outras opções.

O restaurante Shukshuka, no Mercado Hacarmel

O restaurante Shukshuka, no Mercado Hacarmel

O ambiente da casa é bem descolado

O ambiente da casa é bem descolado

A placa da casa

A placa da casa

PREPARAÇÃO
E o que vem a ser esse prato, que é feito em um prato de metal? Há muitas variações, mas a que comi deve ser a standard, a básica. Vi o cozinheiro Tzvika preparar a minha e as outras shakshukas na minha frente, pois fiquei defronte ao fogão.

A cozinha do Shukshuka

A cozinha do Shukshuka

Outra cena da cozinha da casa

Outra cena da cozinha da casa

Na frigideira vi o Tzvika colocar molho de tomate temperado – que também deve ter pimentão vermelho – e tampar. Voltou depois de um tempo e colocou um ovo cru e uma pimenta verde – a meu pedido, que é a super picante pilpel charif. Tampou outra vez. Com a experiência que tem, voltou minutos depois e constatou que o ovo cozinhou naquele molho. O prato estava pronto. Ele colocou ainda um generoso fio de azeite de oliva e colocou um punhado de salsinha.

O prato chegou ao Estado de Israel graças aos judeus da Tunísia e de outros países da África do Norte, como Argélia e Marrocos.

Nossa, a cara do prato estava linda e parecia estar muito saborosa. Ah! Antes de colocar em minha frente, o Tzvika trouxe ainda uma porção de azeitonas com pickles, de tahine (molho de gergelim) e homus, além de pão. Pensei que serviria pita (pão sírio), mas veio um mais tradicional. Gostoso também.

A minha deliciosa shakshuka

A minha deliciosa shakshuka

A refeição completa: shakshuka com pão, tahine, homus e pickles

A refeição completa: shakshuka com pão, tahine, homus e pickles

Cerveja israelense Goldstar para acompanhar

Cerveja israelense Goldstar para acompanhar

COMER COM PÃO
O pão é o acompanhamento par excellence, indispensável para a shakshuka. Por quê? Porque é com ele que você vai comê-la, raspando o prato com o molho de tomate temperado, com a gema mole e a clara cozida.

Minha primeira shakshuka estava excelente, maravilhosa! Possui um sabor delicioso. É ainda um prato super simples, basicamente feito com tomate, ovo e temperos. Os acompanhmentos estavam excelentes também. Enfim, foi uma excelente refeição, que custou 32 shekels – cerca de R$ 32.

Estava muito quente quando almocei no Shukshuka. Bebi uma água de 500 ml (8 shekels) e uma cerveja local, Goldstar (19 shekels). O almoço custou um total de 59 shekels – cerca de R$ 59. Valeu cada centavo.

Depois de pagar, o meu guia de turismo Ilan Chezar disse ao dono da casa, Asher Habibi, que eu sou brasileiro. Que recepção: ele parou a trilha musical que tocava e colocou uma bossa nova… O Shukshuka é recomendadíssimo!

O TURISMO ETC viajou a convite do Ministério do Turismo de Israel, com seguro de viagem da Intermac Assistance

Shakshuka com queijo feta e manjericão

Shakshuka com queijo feta e manjericão

 

Dicas para planejar sua viagem

Quer ajuda para escolher seu hotel? Então, vá no Booking.com. Você consegue os melhores preços, não paga pela reserva e ainda pode cancelar quando quiser.

Quer rodar por ai sem depender das opções de transporte local? Alugue um carro com a rentcars.com e siga tranquilo.

Curta suas férias assegurado com a GTA Global Travel Assistance e evite a dor de cabeça em caso de acidente, doença, perda de mala ou outras emergências.

Procurando passagens aéreas? A Passagens Promo tem as melhores ofertas para destinos nacionais e internacionais.

Vai viajar para o exterior e não quer ficar sem celular? Pegue seu número internacional com a EasySim4You e garanta uma viagem tranquila. Informe TurismoEtc e garanta mais um desconto.

Compre aqui o seu ingresso de inúmeras atrações em Orlando, incluindo parques temáticos, shows e jogos como a NBA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias Relacionadas:

GTA Geral

Assine nossa newsletter

Verifique os dados digitados no formulário