fbpx

O que fazer e onde comer em Berlim

Data: 13/12/2021

Por: Luciano Palumbo

Marcado como: #, #, #, #

O que fazer e onde comer em Berlim, na Alemanha? Se você está indo pela primeira vez para Berlim, capital da Alemanha, precisa saber que uma vez só não será suficiente. Eu mesmo já fui duas vezes e sei que um montão de coisas ficou pra trás, sem dar check. Então, antes de qualquer coisa, programe-se! 

Não sabe o que fazer ou onde comer em Berlim, na Alemanha? Claro que quanto mais dias por lá melhor, mas, como bons brasileiros a gente sempre arruma um jeitinho de combinar destinos numa mesma viagem para aproveitar “já que já está por lá mesmo…” Mas acredite: cada vez que eu viajo, mais procuro ficar num mesmo lugar por mais tempo.

O TurismoEtc viaju junto com o  Alberto G. Martins (@albertogmartins) por Berlim e preparou um mini roteiro pra você. Não só para desbravar tudo o que o local oferece, mas para conhecer – e viver! – a vibe local, sem sair dando check numa lista só pra dizer que foi.

Onde ficar e onde comer em Berlim

Fachada do Parlamento Alemão – fotos Alberto G. Martns

VOCÊ SABIA QUE EXISTEM SEGUROS ESPECÍFICOS PARA VIAGENS PARA A EUROPA? POIS É. VEJA O PASSO A PASSO DE COMO CONTRATAR, AFINAL, SÃO MUITAS OPÇÕES PARA VIAJAR SEGURO EM TODO TERRITÓRIO NACIONAL. CLIQUE E GARANTA SEU CUPOM DE DESCONTO.

Seguro Viagem: Europa
AC 35 EUROPA AC 35 EUROPA Assistência médica EUR 35.000 Bagagem extraviada EUR 1.200 (COMPLEMENTAR) R$ 24/dia*
AC 60 MUNDO COVID-19 QUARENTENA (EXCETO EUA) AC 60 MUNDO COVID-19 QUARENTENA (EXCETO EUA) Assistência médica USD 60.000 Bagagem extraviada USD 1.200 (COMPLEMENTAR) R$ 68/dia*
Affinity 30 EUROPA COVID-19 QUARENTENA Affinity 30 EUROPA COVID-19 QUARENTENA Assistência médica EUR 30.000 Bagagem extraviada USD 1.200 (SUPLEMENTAR) R$ 60/dia*

O que fazer e onde comer em Berlim

Passeios e Atrações – o que fazer

Pra começar a desbravar Berlim, primeiro os passeios obrigatórios – e gratuitos! 

1. Parlamento Alemão (Deutscher Bundestag)

Reaberto a visitas desde julho de 2021, o Partlamento Alemão não cobra ingressos para visitantes, mas também não existe a possibilidade de “chegar lá e entrar na fila”. É necessário que se faça uma reserva online com dia e hora marcados, conforme a agenda disponível. Por isso, programe-se com muuuuita antecedência, pois é bastante concorrido. Para as reservas, use esse link.

Se você já tem viagem marcada para Berlim, esqueceu de reservar e não tem mais ingressos disponíveis, minha dica é reservar um jantar no Käfer Roof Top Restaurant, único edifício legislativo em todo o mundo a hospedar um restaurante aberto ao público. De cozinha alemã moderna com produtos frescos e regionais, o menu degustação custa a partir de 86 euros por pessoa (quatro pratos) e é bem saboroso. E você consegue visitar a cúpula e o terraço!

O que fazer em Berlim

Detalhe da cúpula do Parlamento Alemão

O que fazer e onde comer em Berlim

Vista aérea do Portão de Brandemburgo – foto Elements

O que fazer e onde comer em Berlim

Detalhe do Portão de Brandemburgo – foto Elements

E se você está planejando viajar para lá, não deixe de conferir
as dicas sobre como alugar um carro na Rentcars como conseguir passagens aéreas baratas.

2. Portão de Brandemburgo (Brandenburger Tor) 

Pertinho do Parlamento está um dos marcos mais conhecidos da Alemanha, o Portão de Brandemburgo.

Construído no século XVIII e totalmente restaurado no início dos anos 2000, o arco do triunfo de estilo neoclássico ostenta no seu topo a deusa grega Irene, deusa da paz, em uma quadriga (carro de duas rodas puxado por quatro cavalos emparelhados). O antigo Muro de Berlim passava ali pertinho: repare nas marcações no chão ao caminhar do Portão em direção ao Parlamento e vice-versa.

O Portão é a entrada para a Unter den Linden, a famosa avenida que hoje abriga hotéis de luxo, cafés e lojinhas de souvenirs, mas também é palco de grandes eventos – como a Maratona de Berlim – e eventuais protestos políticos.

O que fazer em Berlim

Detalhe do Memorial do Holocausto

3. Memorial do Holocausto (Holocaust-Mahnmal)

Também conhecido como o Memorial aos Judeus Mortos da Europa, é dedicado aos seis milhões de judeus mortos durante o regime nazista.

Projetado pelo arquiteto americano Peter Eisenman, foi construído entre 2003 e 2004 e oficialmente inaugurado em maio de 2005, fazendo parte das celebrações em comemoração aos 60 anos do fim da Segunda Guerra Mundial.

Também muito próximo do Portão de Brandemburgo e sempre aberto, o memorial foi construído numa área de 19 mil metros quadrados que, quando o muro existia, fazia parte da “faixa da morte”. Com 2.711 blocos de concreto dispostos paralelamente sobre um terreno propositalmente irregular “para produzir uma atmosfera confusa e intranquila”, segundo o próprio Eisenman.

Leia também

Berlim: conheça a capital da Alemanha

Mercados de Natal na Alemanha iniciam temporada

Conheça Mülheim: A simpática cidade à beira do rio Ruhr

Se ainda tiver pique para esticar para a happy hour, minha dica é seguir em direção até o Newton Bar, que leva este nome em homenagem ao lendário fotógrafo Helmut Newton.

O que fazer em Berlim

Interior do charmoso Newton Bar

Delícias do Newton Bar

Ambientado com fotos dos famosos nus clicados por Newton em ampliações gigantes, é um local deliberadamente antiquado: o interior de poltronas de couro, mesas de carvalho e balcões e pisos de mármore verde escuro contrastam com dramáticas fotos em preto e branco de supermodelos. No cardápio, os clássicos da coquetelaria e dos bicos das chopeiras algumas autênticas alemãs para, mais uma vez, lembrar que Berlim não é para os puritanos. 

O que fazer em Berlim

Nota deste colaborador: do Memorial até o Newton são 20 minutos de caminhada, mas como Berlim é toda plana, com certeza a distância só ajudará aumentar a sua sede.

  • East Side Gallery

Com seus poucos mais de 1300 metros de extensão e mais de 100 pinturas de artistas de diversas partes do mundo, o trecho preservado mais longo do Muro de Berlim, que margeia o rio Spree e que vai da ponte Oberbaumbrücke até a Ostbahnhof, na Mühlenstrasse, reserva ótimas e icônicas pinturas, como a do “Beijo da Morte”.

Pintada pelo soviético Dmitri Vrubel, inspirado em uma fotografia que existe, registrando um beijo comemorativo entre Brezhnev, Secretário Geral do Partido Comunista Soviético, que estava em visita à Alemanha Oriental para celebrar o aniversário da nação Comunista, e o então Presidente da Alemanha Oriental Honecker, que abriu seus braços para uma saudação habitual entre colegas comunistas. Talvez pela emoção do momento, Honecker e Brezhnev se empolgaram um pouco e lascaram um beijo mais “caliente”.

O que fazer em Berlim

Fachada da East Side Gallery

O nome verdadeiro da obra é “Deus, ajuda-me a sobreviver a este amor mortal”, mas, ao longo dos anos, o grafite ficou conhecido até nos dias atuais, como o “Beijo da Morte”, o que selava o fim do regime comunista nessa parte da Europa.

Com certeza as dezenas de fotos e selfies que você fará ao longo dessa emblemática exposição a céu aberto contribuirão para uma fominha fora de hora. A dica é seguir para o Burgermeister, da Oberbaumstrasse, 8. Instalada embaixo de um viaduto, essa hamburgueria funciona em um antigo banheiro público. Pode parecer estranho, mas confie. Como num trailer de lanches, preservada a arquitetura original e até as plaquinhas de “masculino” e “feminino”, o clássico Meisterburger com fritas (9 euros) é um dos mais famosos – e gostosos! – da cidade.

O que fazer em Berlim

Hamburgueria embaixo do viaduto

O que fazer em Berlim

Hambúrguer do Bugermeister que comi por lá

E se você está planejando viajar para lá, não deixe de conferir
as dicas sobre como alugar um carro na Rentcars como conseguir passagens aéreas baratas.

  • Memorial do Muro (Gedenkstätte Berliner Mauer)

Localizado na Bernauer Strasse, esse memorial a céu aberto começa coladinho na saída da estação de mesmo nome da linha U8, mas outras linhas como a S1, S2 e S25 te levam até lá desembarcando na estação Nordbahnhof. 

Durante toda a caminhada, você vai reviver momentos históricos de quando o Muro de Berlim dividia as duas Alemanhas e os moradores do lado oriental tentavam fugir para o lado ocidental. Ali foram escavados alguns túneis de fuga, sinalizados hoje por placas no chão. Há também um trecho preservado do muro com a “faixa da morte”, uma faixa com obstáculos e vigiada por soldados que dava uma distância intimidadora entre um lado e outro, dificultando assim as travessias.

O que fazer em Berlim

Pela fresta do que restou do muro vê-se a faixa da morte no Memorial do Muro

Nesse trecho é proibido entrar, mas você pode ter uma visão melhor desde o mirante instalado no “Centro de Documentação”, localizado do outro lado da rua e que mostra alguns fatos relevantes e os motivos que levaram a construção do muro, por meio de uma exposição permanente. Também do outro lado da rua está o “Centro de Visitantes”, que serve como um ponto de partida onde se pode obter informações e orientações sobre todo o memorial.

Não encontrei na região do Memorial do Muro nenhum restaurante bacana e minha vontade por um autêntico schnitzel me fez despencar até o Gasthaus Alt Wien. Apesar de austríaco, o simpático restaurante localizado em uma rua residencial super arborizada e bem charmosa, fez valer a pena os 20 minutos de trajeto com o tram da linha M10.

 

Onde comer em Berlim

Gasthaus para comer milanesa. Uma ótima opção de onde comer em Berlim

A – gigante – milanesa de vitela, acompanhada de saladas de batatas e pepinos, é de longe o prato mais pedido do cardápio. Em todas as mesas ao redor via-se pelo menos uma pessoa saboreando a delícia. Um copão de 500ml da também austríaca cerveja Grieskirchner harmonizou muito bem, sem deixar espaço para a sobremesa. Pelo menos naquele momento 😉 

Onde comer em Berlim

Milanesa de Vitela do Gasthaus

Onde comer em Berlim

O Alberto mandou ver na milanesa por lá

  • Alexanderplatz

A mais conhecida praça de Berlim é carinhosamente chamada de “Alex” pelos berlinenses. No entanto, a abreviação do nome nada diminui sua grandiosidade – de área e de história. Está instalada no antigo centro da Alemanha Oriental, lado que mais se desenvolveu após a queda do muro.

Nomeada Alexanderplatz em homenagem ao czar russo Alexander I, que visitou a cidade em 1805 e ali foi recebido, o outrora mercado de gado se desenvolveu ao longo dos anos como importante centro comercial, foi destruído durante a Segunda Guerra Mundial, reconstruído depois disso e hoje concentra o maior hub de transporte público de Berlim. Além disso, a Torre de TV (Berliner Fernsehturm), inconfundível e mais alta edificação de Berlim, com 368 metros de altura, está ali instalada e pode ser vista de várias partes da cidade.

Do alto da Torre, num observatório instalado a 200 metros de altura, pode-se admirar Berlim numa visão 360o. Como é uma das atrações mais visitadas da capital alemã, recomendo fortemente a compra antecipada do ingresso com hora marcada aqui.

Mas atenção: deixe para comprar o ingresso quando já estiver em Berlim e souber da previsão do tempo com mais clareza. Se o dia escolhido estiver nublado, seus valiosos euros serão perdidos tristemente. O restaurante giratório, localizado a 207m de altura, serve todos os primeiros domingos do mês um buffet de café da manhã, das 9h às 11h30. Mas se você quiser só tomar um café ou fazer uma boquinha, além do ingresso, é melhor se programar e reservar.

O que fazer em Berlim

Fonte de Netuno – foto Elements

Também na Alexanderplatz você vai ver o Urania-Weltzeituhr, o relógio que mostra as horas de diversas cidades do mundo e a Fonte da Amizade Internacional, construída em 1970, com 23m de diâmetro. Na região, várias lojas, shopping centers e lojas de departamento e souvenirs podem ser facilmente encontrados. Por ali também estão a Fonte Netuno (Neptunbrunnen) com a representação do deus do mar bem ao centro e quatro mulheres ao seu redor, que representam os quatro principais rios da Prússia – Reno, Elba, Vístula e Oder -, a Igreja de Santa Maria (Marienkirche) e a nova Prefeitura de Berlim (Rotes Rathaus). Tudo pertinho, pra visitar de uma tacada só! 

Igreja de Santa Maria (Marienkirche)

Do outro lado da Karl-Liebknecht, uma das ruas que margeia a Alexanderplatz, está o Illuseum Berlin. Com instalações que desafiam nossos olhos, os cenários e peças ilusionistas divertem adultos e crianças. Monitores ajudam inclusive a fazer as melhores fotos e dão dicas do que, com certeza, você não enxergaria a olho nu. O ingresso ainda dá direito a imprimir três fotos se você fizer um post no Instagram com a #illuseumberlin

E se você está planejando viajar para lá, não deixe de conferir
as dicas sobre como alugar um carro na Rentcars como conseguir passagens aéreas baratas.

Onde comer em Berlim

 Não faltam bons restaurantes, cafés e lanchonetes na região da praça, como o vietnamita Monsieur Vuong, que está a menos de 10 minutos do Illuseum. Na primeira vez que fui a Berlim já tinha conhecido e adorei. Dessa vez, fui duas vezes, uma no almoço e outra no jantar. Sempre com filas na porta, vale a espera. As refeições são bem feitinhas e não demoram. O menu é sazonal e muda a cada duas semanas geralmente. Com mesas compartilhadas, o giro de clientes é rápido. 

Onde comer em Berlim

Fachada do Monsieur Vuong

Onde comer em Berlim

Rolinho Gha Gio do Monsieru Vuong

Apostei no Gha Gio (rolinhos vietnamitas com camarão) de entrada e no Pho Bo (caldo de carne caseiro com finas tiras de carne, macarrão de arroz banh Pho e ervas vietnamitas frescas. Finamente temperado com canela, anis e coentros) e me dei bem. Os amantes de curry e os vegetarianos também passarão muito bem e desejarão voltar!

  • Ku’damm

Do outro lado da cidade, a região da Kurfürstendamm, mais conhecida como Ku’damm, imensa avenida famosa pelo comércio e gastronomia, a #vitrineterapia está garantida. Grandes marcas têm ali sua bandeira fincada, com enormes vitrines para olhar e desejar os lançamentos da moda.

O que fazer em Berlim

Região da Kuddam

Por ali também acontece um dos mais famosos Mercados de Natal da cidade, o Weihnachtsmarkt an der Gedächtnis-kirche, bem na praça da Igreja Memorial, que foi destruída na Segunda Guerra Mundial e da qual sobrou apenas uma torre (Não consegui visita-la dessa vez, pois foi transformada em um centro de atendimento à Covid-19, mas fica pra próxima). O famoso zoológico de Berlim também está na área, o Bikini Berlin – The Concept Shopping Mall e KaDeWe, loja de departamentos chique da cidade onde a maioria das marcas de luxo estão com seus corners.

Onde comer em Berlim

Torta de chocolate de um dos cafés da KaDeWe

Nos últimos dois andares da KaDeWe você encontra uma praça de alimentação elegante, disputada e bem servida. Entre cafés, champanherias, bistrôs e restaurantes, optei pelo Kartoffelacker, especializado em batatas! Não faltarão opções para agradar a todos os paladares.

Onde comer em Berlim

Mas se você preferir um restaurante mais cool, de influência israelense, recomendo o NENI (o nome é um acrônimo com as iniciais dos nomes dos quatros filhos da chef Haya Molcho), localizado no rooftop do complexo onde está o Bikini Berlin. Se quiser esticar para happy hour ou fazer um pré-balada, o Monkey Bar está bem em frente e clientes do NENI têm vantagens para enfrentar a concorrida fila. Faça reserva com antecedência #ficadica 

Onde comer em Berlim

Vista do NENI Restaurante para o Tiergarten

Para se hospedar desse lado da cidade, o 25Hours Hotel Bikini Berlin é perfeito para os descolados e aqueles que não dispensam um quarto com vista (#roomwithaview): alguns apartamentos têm vista para o incrível e famoso Tiergarten. Outras opções que valem a pena pesquisar, apesar das diárias médias mais altas: aletto Hotel Kudamm, Sheraton Berlin Grand Hotel Esplanade e o Riu Plaza Berlin.

Colaboração especial do @albertogmartinsAlberto G. Martins é Relações Públicas, apaixonado por turismo, gastronomia , hotelaria e foge de casa pra conhecer algo novo sempre que dá.

E você, qual sua próxima viagem? Conta pra gente nos comentários!!

Quer saber mais sobre destinos e viagens? Então, aproveite e veja também estes posts:

Mercados de Natal na Alemanha

Mülheim, conheça essa simpática cidadezinha alemã

VOCÊ SABIA QUE EXISTEM SEGUROS ESPECÍFICOS PARA VIAGENS PARA A EUROPA? POIS É. VEJA O PASSO A PASSO DE COMO CONTRATAR, AFINAL, SÃO MUITAS OPÇÕES PARA VIAJAR SEGURO EM TODO TERRITÓRIO NACIONAL. CLIQUE E GARANTA SEU CUPOM DE DESCONTO.

Seguro Viagem: Europa
AC 35 EUROPA AC 35 EUROPA Assistência médica EUR 35.000 Bagagem extraviada EUR 1.200 (COMPLEMENTAR) R$ 24/dia*
AC 60 MUNDO COVID-19 QUARENTENA (EXCETO EUA) AC 60 MUNDO COVID-19 QUARENTENA (EXCETO EUA) Assistência médica USD 60.000 Bagagem extraviada USD 1.200 (COMPLEMENTAR) R$ 68/dia*
Affinity 30 EUROPA COVID-19 QUARENTENA Affinity 30 EUROPA COVID-19 QUARENTENA Assistência médica EUR 30.000 Bagagem extraviada USD 1.200 (SUPLEMENTAR) R$ 60/dia*

 

Dicas para planejar sua viagem

Quer ajuda para escolher seu hotel? Então, vá no Booking.com. Você consegue os melhores preços, não paga pela reserva e ainda pode cancelar quando quiser.

Quer rodar por ai sem depender das opções de transporte local? Alugue um carro com a rentcars.com e siga tranquilo.

Curta suas férias assegurado com a GTA Global Travel Assistance e evite a dor de cabeça em caso de acidente, doença, perda de mala ou outras emergências.

Procurando passagens aéreas? A Passagens Promo tem as melhores ofertas para destinos nacionais e internacionais.

Vai viajar para o exterior e não quer ficar sem celular? Pegue seu número internacional com a EasySim4You e garanta uma viagem tranquila. Informe TurismoEtc e garanta mais um desconto.

Compre aqui suas experiências de viagem. Opções de transfers, passeios, ingressos, tickets e parques no Brasil e no mundo.

[ssba-buttons]

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias Relacionadas:

GTA Geral

Assine nossa newsletter

Verifique os dados digitados no formulário